Loading...

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Vamos descobrir nossos verdadeiros heróis nacionais!

A atividade de hoje é para já preparar a Semana da Consciência Negra, que será comemorada no BJ com o nosso já tradicional Projeto Grafite que desde 2009 vem sendo realizado nos muros da escola e neste próximo evento de grafitagem, finalmente iremos conseguir finalizar todos os muros ao redor do BJ. Quando Zumbi voltar ele com certeza estará no meio de nossa gente, pois Zumbi somos nós! A idéia para a postagem de hoje é buscar na história do Brasil, desde os tempos coloniais aos atuais, personagens negros ou negros e também afros descendentes, figuras importantes que realizaram grandes acontecimentos ou que se destacaram nas histórias por seu talento e inteligência mesmo tendo uma sociedade escravista e racista como maior obstáculo e repensar a seguinte questão: “Porque nos nossos livros de história do Brasil e quem são ensinados na escola, não temos ou na maioria das vezes esquecemos os nossos heróis negros e os que conhecemos são na maioria descendentes de europeus ou nossos antigos colonizadores, ou seja, os brancos? Você deverá escolher um personagem de nossa história que seja de origem negra. Serve artistas, esportistas, cientistas, poetas ou mesmo um simples homem do povo, mas que se destacou ao realizar grandes façanhas ou obras artísticas, mas que estão como esquecidos pela nossa história oficial. O meu personagem escolhido foi o grande pensador, intelectual negro, poeta do povo e ativista político, o grande e imortal Abdias do nascimento, que tem uma curta biografia, logo abaixo: Abdias do Nascimento Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação, pesquisa Abdias do Nascimento Abdias do Nascimento em 1997 Nome completo Abdias do Nascimento Nascimento 14 de março de 1914 Franca, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil Morte 24 de maio de 2011 (97 anos) Rio de Janeiro, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil Nacionalidade brasileiro Cidadania Cidadania brasileira desde 1921 Cidadania norte-americana desde 1949 Etnia Afro-brasileiro, Mulato Cônjuge Léa Garcia (1956 - 1958) Elizabeth Larkin (1958 - 1961) Ocupação Ativista, político, escritor Influências ________________________________________ Influências[Expandir] Principais trabalhos "The Brazilians" - o livro (1959) Empregador Ministério da Cultura Cargo Teatro Experimental do negro Religião Católico Página oficial • Página oficial Abdias do Nascimento (Franca, 14 de março de 1914 — Rio de Janeiro, 24 de maio de 20111 ) foi um político e ativista social brasileiro.2 Foi um dos maiores defensores da defesa da cultura e igualdade para as populações afrodescendentes no Brasil, nome de grande importância para a reflexão e atividade sobre a questão do negro na sociedade brasileira. Teve uma trajetória longa e produtiva, indo desde o movimento integralista, passando por atividade de poeta (com a Hermandad, grupo com o qual viajou de forma boêmia pela América do Sul), até ativista do Movimento Negro, ator (criou em 1944 o Teatro Experimental do Negro) e escultor. Após a volta do exílio (1968-1978), insere-se na vida política (foi deputado federal de 1983 a 1987, e senador da República de 1997 a 1999 assumindo a vaga após a morte de Darcy Ribeiro), além de colaborar fortemente para a criação do Movimento Negro Unificado (1978). Em 2006, em São Paulo, criou o dia 20 de Novembro como o dia oficial da consciência negra. Recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Brasília.3 Autor de vários livros: "Sortilégio", "Dramas Para Negros e Prólogo Para Brancos", "O Negro Revoltado", e outros.4 Foi também professor benemérito da Universidade do Estado de Nova Iorque.5 Foi casado quatro vezes. Sua terceira esposa foi a atriz Léa Garcia, com quem teve dois filhos, e a última a norte-americana Elizabeth Larkin, com quem teve um filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário