Loading...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Relatório sobre filme


RELATÓRIO SOBRE O FILME:

NOME DO FILME:
ANO EM QUE FOI REALIZADO E PAÍS DE ORIGEM:
DIRETOR:
RESUMO SOBRE A HISTÓRIA DO FILME
RESPONDA A SEGUINTE QUESTÃO:

QUAL A RELAÇÃO DO FILME COM A CONDIÇÃO SOCIAL E ECONÔMICA DA POPULAÇÃO AFRODESCENDENTE NO BRASIL?

CONCLUSÃO

O RELATÓRIO PODERÁ SER POSTADO OU ESCRITO E O TRABALHO É INDIVIDUAL.

Entrega no máximo até a próxima sexta feira. (26/11/2010).

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

A história dos presidentes do Brasil



Neste segundo trabalho ou postagem estou pedindo para que voces façam uma lista de todos os presidentes do Brasil desde 1889 até os dias atuais e escolham um deles ( o qual achar mais importante) e descreva como foi o seu governo, suas realizações e o por que escolheu tal presidente.

Trabalhos a serem entregues no mês de Agosto



A primeira postagem pedida foi para que vocês achassem uma imagem que representasse as férias de julho para cada um de vocês e que a descrevessem relacionando-a com o que fizeram durante esse período de recesso. Estarei aceitendo as três postagens ou os trabalhos escritos até o final deste mês.

Questões sobre a Revolução Francesa


RESPONDA AS SEGUINTES QUESTÕES:

1)O que foi a Revolução Francesa?
2)O que representou para o processo histórico esta Revolução?
3)O que foi o Iluminismo?
4)Quem foi Robespierre?
5)Cite três e explique um pensador iluminista.
6)Quais foram as fases da revolução?
7)Quem eram os Girondinos, Jacobinos e Montanheses?
8)Por que podemos dizer que a Revolução devorou os seus próprios filhos?
9)Quem foi Marat?
10)O que representou a queda da Bastilha para a Revolução?
11)Quem eram os sans-cullotes?
12)Explique os lemas da Revolução:
a) Liberdade
b)Igualdade
c)Fraternidade
13)O que foi a Convenção Nacional?
14) O assassinato de Marat por Charlotte Corday, representou o que para o processo da revolução?
15) Cite e identifique os três Estados Nacionais na França revolucionária
16) Explique no mínimo em 10 linhas o que voce aprendeu com o documentário.

terça-feira, 13 de julho de 2010

UM TEMPO NA ILHA



Depois de quatro dias em Ilha Bela finalmente consegui perder a noção do tempo e já não mais me importa que horas são. Daqui a pouco vou para a beira do mar simplesmente para olhá-lo. Até logo mais...

terça-feira, 25 de maio de 2010

Estudar história através da Copa do Mundo


A proposta é traçar um linha do tempo desde a primeira Copa do Mundo (1930) até a que está sendo realizada neste ano na África do Sul. Os grupos foram sorteados e cada um escolheu a copa que irá pesquisar. Por exemplo, se eu escolhi a Copa da França em 1930 o que eu deverei pesquisar desta Copa ou de qualquer outra.


a) O nome oficial do país sede.


b) A bandeira deste pais.


c) Dados populacionais, físico e econômico deste.


d) A colocação no índice IDH de hoje do país sede.


e) Uma pesquisa histórica básica do período em que a Copa foi realizada retratando o que estava acontecendo no mundo e no Brasil na época de importante.


f) Uma pesquisa técnica da Copa com dados oficiais (ranking dos países vencedores, n°s de artilharia, gols e outros dados importantes)


g) Uma conclusão: O que eu aprendi com este trabalho.




Esta atividade poderá ser realizada individualmente ou em grupos de no máximo três pessoas e deverá ser entregue um trabalho escrito no dia da apresentação (17/06/2010). O trabalho poderá ter mais de uma nota se o trabalho for apresentado oralmente e se também for realizado um trabalho multimídia sobre o assunto (Movie Maker ou qualquer formato de Clip contando texto música e imagens da Copa estudada).

Cultura Negra , Resistência e Identidade Cultural


O filme abordou na primeira parte a questão:O Modo de ser, ou seja,a grande importância de resgatarmos a grande participação da África no modo de ser do brasileiro. No Brasil quem não é negro na pele é na alma, ou seja, sua formação cultural, religiosa e a sua própria maneira de ser. Somos o segundo país no mundo em quantidade de população negra no mundo, só perdemos para a Nigéria em termos de quantidade populacional. Por isto esta ai a questão: Qual é o modo de ser do brasileiro?

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Salve 13 de Maio?


Salve 13 Maio! Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo


O Brasil foi o último país do mundo a abolir a escravidão. No dia 13 de maio "comemoramos" a abolição da escravatura, mas, vejamos a situação atual do negro no Brasil, após há exatamente 121 anos de "liberdade":

Total de pobres no Brasil
Brancos/as
Negros/as

53 milhões
37%
63%

Total com renda abaixo de R$120,00
30%
70%


Lembramos, inclusive, que o Brasil é o país que, fora da África, concentra a maior população negra. É também o país onde os negros são a parcela da população mais atingida pela exclusão social: baixa remuneração, desemprego, piores moradias, maior taxa de repetência, menor expectativa de vida e altos indíces de mortalidade infantil. Em função disso, como podemos dizer que os negros são livres se relegamos a eles os piores índices. Penso que o 13 de maio só terá sentido quando a sociedade brasileira discutir esses números.


OBS: VEJA TODO O TEXTO NO SITE: http://www.fema.edu.br/arqNoticias/361mai.htm

Peço a todos que nesta postagem expliquem o que representou o dia 13 de Maio para a história do Brasil e relacione com um pequeno texto opinativo a seguinte relação:
"DA SENZALA À FAVELA"

Devemos realmente comemorar o dia 13 de Maio? Explique sua resposta.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Trabalho sobre Tiradentes


Já conversei com algumas classes sobre o trabalho a ser elaborado. Quero que vocês façam uma pequena pesquisa sobre quem foi Tiradentes e respondam uma questão problema: Tiradentes foi um herói ou uma vítima? A data de entrega da postagem é neste dia 14/04. Estarei recolhendo os trabalhos escritos nesta próxima quinta-feira 15/04.
Um abraço á todos

Marcos Aurélio

UM CORPO ESQUARTEJADO


TIRADENTES UM HERÓI ACIMA DAS DIFERENÇAS

A República forjou em Tiradentes a figura de um herói capaz de legitimar o novo regime político, ocultar as diferenças e unificar a nação sob seu comando. Executado pelo governo português encarnou o papel de mártir que incorporava as culpas, dores e sonhos de todo o povo. Para os republicanos de 1889, ele tinha ainda a vantagem de ser o mais popular das vítimas da monarquia lusitana, à qual a brasileira estava ligada pelos laços de sangue.

PÁTRIA AMADA ESQUARTEJADA



A História de uma país é feita de muitas datas. Se o descobrimento aparece como um marco inicial, a independência é geralmente representada como um "nascimento": a criação da nação.
No Brasil do final do século XIX, monarquistas e republicanos disputaram entre si a data do aniversário. Para os primeiros, o Brasil nascia com o "grito" de D. Pedro I, 170 anos atrás. Para os segundos, Tiradentes executado, pela monarquia portuguesa Há mais de 200 anos, era o verdadeiro herói da nação. Hoje, em pacífica harmonia ambos figuram lado a lado no panteão da pátria.

terça-feira, 23 de março de 2010

Quem mente a população?


A propaganda na TV é mentirosa. O nosso Estado está 'cada vez pior'. O salário base do professor é menor que 2 salários mínimos. A prova para valorização para o mérito é injusta e quebra com o princípio expresso no artigo 5º da Constituição Federal que diz: todos os cidadãos são iguais perante à lei. O Zé Pedágio, o governador que odeia o professor, mente e não cumpre a lei: no dia 1º de março deveria ter chamado os sindicatos dos servidores públicos para negociar a reposição salarial. Não o fez e ainda mente na TV. Por que eles (mídia) não mostram a realidade dos professores que dobram sua jornada e trabalham muitas vezes mais de 50% que os outros trabalhadores? Será que o governador sobreviveria com menos de 2 salários mínimos por mês?

By Profº Eduardo Myamoto

quarta-feira, 17 de março de 2010

A caravana passa e os cães continuam a latir.




Greve forte se faz com o professor na rua



Pessoal, hoje saiu nas pesquisas que o Serra caiu cinco pontos e a Dilma cresceu cinco. Veja a força de nosso movimento e a verdade está refletida nas imagens que seguem. Mais vale uma única imagem verdadeira do que mil palavras mentirosas do no governador José Serra, que mente discaradamente a nossa população através de sua imprensa marron.Não é somente um porcento da categoria que está em greve. Veja as imagens e tirem sua próprias conclusões.
Esperamos todos nesta sexta-feira às 14:30 na Avenida Paulista. Façamos valer a nossa força e o nosso direito.
Um abraço à todos

Profº Marcos Aurélio

domingo, 14 de março de 2010

A Caravana passa e os cães ladram


Escrevo ao Sr Felipe e a todos que são contrários à greve. Como já disse estou em greve não somente para melhoria de salário como também para uma escola pública melhor. Quem acha que terá uma vida melhor na forma atual de sistema de ensino esta muito enganado, talvez terá um futuro melhor por esforço próprio e não pela qualidade de sua escola. O professor é o centro da reforma escolar, enquanto estiver desmotivado e sendo responsabilizado pelo fracasso escolar você Sr F. e muitos como você continuarão servindo ao sistema como lacaios ou papagaios de pirata. A greve continua firme e forte e estaremos paralisados até a próxima sexta-feira quando será votado pela categoria o fim ou não do movimento.

terça-feira, 9 de março de 2010

Quem é o verdadeiro inimigo da educação?


Como vocês já sabem eu estou em greve acatando a decisão da categoria na última sexta-feira. Estou em greve por acreditar que o único instrumento de luta do trabalhador é sua capacidade de mobilização e o seu direito à greve. Sou professor é vivo de minhas aulas e se dependesse somente do meu salário do Estado estaria passando fome. A PMSP é um exemplo de como o professor deve ter seu plano de carreira e é dela que sobrevivo. se continuo a dar aulas no Estado é por acreditar na escola pública e na necessidade de investimento na educação popular. Nenhum país se constrói sem uma escola pública de qualidade. Estou paralisado até sexta-feira quando haverá nova assembleia para decidir o rumo da greve. O senhor governador José Serra através da imprensa acusa aqueles que estão em greve de inimigo da Educação. Este mesmo senhor através de sua política meritocrática alijou do trabalho milhares de professores da rede que não passaram em uma provinha no qual diz ele medir o conhecimento destes. Nesta prova passaram professores alunos e profissionais sem licenciatura deixando de lado professores habilitados e com experiência. Sua política salarial é ridícula, vinculando o aumento a uma prova da qual me nego prestar. Sou professor há pelo menos vinte anos , formado pela USP e não é esse senhor que sabemos estar à serviço de grandes empresas e que quer privatizar a escola pública que irá medir minha capacidade. O concurso público serviu para quê? Portanto peço a todos que reflitam e respondam: Quem é o verdadeiro inimigo da educação?